domingo, 26 de abril de 2015

Gradativamente
















   Tão mais repletos de risos se tornaram meus dias
   Depois de teu sorriso conhecer
   Rias-te do sotaque diferente
   E das palavras que não conseguia dizer

   Eu sempre com algum livro,
   Você com um sorriso
   Sua mania de tentar roubar minha atenção
   Lutei, lutei, até não conseguir dizer não

   Respiração descompassou, saliva secou
   Tremi, gelei, gaguejei
   Até que o “eu te amo” foi dito em silêncio
   Sem esperar resposta, apenas por precisar de admissão

   Sincera e verdadeiramente de coração.
                                           Encomenda








Te enviei uma encomenda onde guardava o meu coração .
O pacote chegou em seu endereço . Você abriu , percebeu que não era o que tanto esperava e devolveu .

Tentei mais uma vez , só que agora , para outro endereço .
Ele abriu , percebeu que já tinha uma encomenda igual e simplesmente devolveu .

Os endereços já tinham se esgotado , não tinha mais para onde mandar .
Guardei a encomenda com a esperança de achar outro destinatário que queira recebê-la.